sexta-feira, 7 de setembro de 2012

"Rock of Ages" e o preconceito com musicais.

Postado por Hellen às 12:52
Título gigante, mas eu quero aproveitar a oportunidade, já que nunca falei de musicais aqui, para falar do preconceito que as pessoas tem com eles. Ontem eu fui assistir "Rock of Ages" e tive que ir praticamente correndo porque era ontem ou só no DVD, isso porque o filme alcançou a marca de duas semanas em cartaz aqui na terrinha soteropolitana. Sendo que nessa última semana só sobraram uns 3 horários (em uma cidade com mais de 50 salas). Por que? Bom porque não tem público para esse tipo de filme. Simplesmente por ser musical. Eu conheço MUITA gente, muita mesmo que nunca assistiu a um musical na vida mas fala que não gosta, ou acha idiota e sem propósito. O que é muito triste, porque estão se privando de um dos estilos mais divertidos de se contar uma história. Que faz você sair de uma sala de cinema super feliz e cantando, ou simplesmente maravilhado com os números  de dança. Agora deixando meu manifesto de "vão ao cinema assistir musicais" de lado. Vamos ao Rock of Ages.
O filme é passado em 1987 quando o Rock estava gritando a sua liberdade de expressão. E aí nós começamos com  Sherrie (Julianne Hough) chegando em Hollywood para tentar uma vida de cantora quando, em uma situação receptiva não muito agradável, ela conhece Drew (Diego Boneta) que trabalha de garçom na casa de shows Bourbon, referência de Rock na cidade. A partir daí eles se apaixonam e coisa e tal, tendo aquele romance fofinho e cheio de estrelinhas que todo mundo gosta. Mas é claro que tudo acontece regado da  cantoria dos anos 80 para ficar 2X vezes mais amorzinho.
*dying with the cuteness*

Neste período o Bourbon está indo de mal a pior então para salvá-lo seus administradores Dennis (Alec Baldwin) e Louis(Russel Brand) conseguem que o grande astro do Rock, Stacee Jaxx (Tom Cruise) faça a apresentação que os tiraria do buraco. Mas como "you can't always get what you want" o que acontece é uma montanha de imprevistos, encontros  e desencontros que deixam o Bourbon mais na ribanceira ainda e nosso casal ternurinha super balançado. O filme me contagiou  com suas músicas e números muito bem colocados (porque musical bom também é musical que sabe a hora que deve cantar e como fazer isso), mas dizem que a galera que viveu essa época é quem mais se emociona só de lembrar seus tempos de glória. Apesar de ter nascido nos anos 80, eu só peguei o finalzinho mesmo então não consegui presenciar nada disso. Quando eu já  compreendia alguma coisa era o Pop que dominava o mundo com suas boybands e girlbands que eu acho que todo mundo com mais de 20 anos presenciou. O filme ocorre no gancho em que todos achavam que qualquer manifestaçãozinha do Rock era rebelde e desbocada demais e estava ocorrendo o nascimento dos grupinhos puro amor com seus passinhos sincronizados.
Um dos pontos mais altos de Rock of Ages é o elenco, em especial Tom Cruise que parece que nasceu para cantar em um banda Rock, aqui ele abrilhanta mais uma vez sendo a principal estrela do filme. Fora ele, o filme conta com  Alec Baldwin em parceria com Russel Brand que criam o elenco mais cômico (isso porque eu nem gostava do Russel). Catherine Zeta-Jones é ressuscitada das cinzas para viver a primeira dama que quer livrar a cidade do pecado. E a duplinha iniciante Julianne Hough e Diego Boneta que vivem o casal de quem a maior parte da trama gira em torno.
Então se você mora em uma cidade na qual o filme ainda está em cartaz e não viu, eu sugiro que você se mexa e vá para o cinema liberar essa estrela do rock que há em você. E ainda sair de lá dançando com o pensamento de "e o próximo musical estréia quando?"

Trailler:



E uma das músicas favoritas.


E aí todo mundo já dançando na frente do PC.
Nota:
   

7 comentários:

Dandra on 7 de setembro de 2012 13:26 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dandra on 7 de setembro de 2012 13:27 disse...

Eu gosto de musicais, só não assisto todas as séries e filmes, pq são muitas e não conheço todas...

Alguns críticos não gostaram do filme, mas eu realmente não levo opinião de críticos muito a sério, analisar tecnicamente alguma coisa tira toda a graça, afinal filmes assim são pra entretenimento, pura diversão, e esse Rock of Ages parece que cumpre esse papel.

Só assisti dois filmes com essa Julianne Hough, ela fez o remake de Footloose (gostei, achei legal) como protagonista e tb participou de Burlesque (vc já viu esse musical? Tem a Christina Aguilera magrinha e toda poderosa ^^)

E esse carinha, o Diego Boneta, participou de PLL e eu gostava tanto dele lá, uma pena que Spencer deixou ele de lado :/

Só vou poder assistir esse filme, quando estiver disponível em determinados sites :P

Hellen on 7 de setembro de 2012 17:33 disse...

Sim Dandra Rock of Ages não é nenhum "Fantasma da ópera", é mais para diversão mesmo, e esse papel ele cumpre direitinho \o/.
Eu nunca tinha assistido nada com a Julianne ou com o Diego, eu tenho que assistir Footloose e Burlesque logo (minha lista de musicais a assistir também anda um pouquinho grande, quando eu assistir te digo o que achei :D).
Assista Rock of Ages mesmo , assim que você puder. Acho que você vai gostar muito.
Beeeijos.

Unknown on 9 de setembro de 2012 09:22 disse...

Poxa, queria ter assistido... Acho que agora só no DVD, né? E só pra constar, queria ter nascido nos anos 70 pra ter aproveitado os anos 90! As melhores músicas foram dessa época! Rock exagerado e farofa é minha cara!
Adorei a crítica!

Unknown on 9 de setembro de 2012 09:23 disse...

A tonta do comentário acima fui eu, esqueci de me identificar... Tamires

Hellen on 10 de setembro de 2012 15:51 disse...

hahaha Tam esses rocks são mesmo a sua cara. Acho que você vai gostar mesmo,é bem seu estilo.

Dani on 18 de janeiro de 2013 12:07 disse...

Gostei! hahaha
Quero ver (:
http://www.avidaemletras.com/

 

Better than candies Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez